ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO - AIGA
Aliança Brasileira pelos Direitos Humanos e o Controle Social nas Hepatites
www.aigabrasil.org
Contato e informações - Aperte aqui


Realizações da AIGA - Aliança Independente dos Grupos de Apoio


Em dois anos de atuação a AIGA se orgulha de ter conseguido realizar ações que contribuíram com o fortalecimento do movimento das hepatites, independente das ONGs serem associadas, ou não, sempre receberam da nossa parte todo o apoio possível, em assessoria ou material para campanhas.

Nesses dois anos de vida realizamos as campanhas do mês de maio, imprimindo e distribuindo mais de 3 milhões de folhetos, 90.000 cartazes e 1.200 banners, distribuídos em quase 600 eventos realizados nos anos de 2009, 2010 e 2011. Em 2010 não fosse pela AIGA, nenhuma campanha teria sido realizada no mês de maio.

Com dois anos no ar o site recebe um número considerável de visitas por pessoas que procuram orientação sobre seus direitos.

1 - Lutamos e já conseguimos que os médicos particulares de vários estados possam tratar o pacientes, sem necessidade de ele ser atendido num hospital do SUS, tal qual já acontece na AIDS e em outras doenças.

2 - No mês de março de 2010 a AIGA juntamente com a Sociedade Brasileira de Hepatologia enviaram de forma coordenada e na mesma semana a solicitação para a revisão do Conceito de Hepatopatia Grave para concessão da aposentadoria e isenção de Imposto de Renda, solicitação que está sendo atendida pelo governo.

3 - No mês de maio de 2010 a AIGA e a ONG C Tem que Saber assinam convenio com a FIESP para realização de 100.000 testes diagnósticos.

4 - Em julho de 2010 a AIGA defendeu firmemente os infectados quando da publicação do absurdo artigo da USP sobre a transmissão sexual da hepatite C. A Sociedade Brasileira de Hepatologia também saiu em defesa dos infectados. Nenhum outro movimento, nem sequer o programa nacional se manifestaram na ocasião.

5 - Em setembro de 2010 a AIGA coordenou, recebendo o apoio de grupos independentes, o Manifesto dos Grupos de Hepatites em defesa da livre opinião, objetivando evitar qualquer interferência do Departamento DST/AIDS/Hepatites.

6 - No final de 2010 apresentamos representação no Ministério Publico Federal para inibir a proposta do Departamento DST/AIDS/Hepatites de querer adquirir somente 1 dos interferons peguilado, conseguindo derrubar a ideia do MS.

7 - No inicio de 2011 denunciamos abertamente a manobra de querer substituir o Entecavir pelo Adefovir e o Tenofovoir no tratamento da hepatite B quando até o texto para ser aprovado pela SBH e SBI já estava pronto. Conseguimos sucesso.

8 - Em 15/08/2011 diagnosticamos que na Proposta do LOA para 2012 apresentado no CNS contradizendo as promessas nas ações nas hepatites não existia previsão orçamentaria para incluir os medicamentos na lista de "estratégicos", conforme promessa do próprio ministro. Na quarta-feira, recebemos de parte do Dr. Dirceu Greco resposta ao Oficio assinado pelos associados da AIGA se comprometendo, no item 6, que se mantém a previsão (janeiro de 2012) para que a promessa seja cumprida.

9 - Em 12/09/2011 identificamos que faltava a atualização dos dados referentes a distribuição dos medicamentos para tratamento das hepatites B e C aos estados, publicando os mesmos na página Web do Departamento DST/AIDS/Hepatites, mas passados noventa dias observamos que os dados ainda não estão disponibilizados. Dois dias depois os dados foram disponibilizados e recebemos um pedido de desculpas.

10 - Nos dias 8 e 9 de outubro de 2011 na cidade de São Paulo aconteceram a assembleia geral dos grupos da AIGA e a capacitação nos inibidores de proteases para todos os associados da AIGA e alguns grupos não associados especialmente selecionados pela sua ativa atuação junto aos pacientes. A capacitação e necessária porque a educação dos pacientes será fundamental e as associações de pacientes passarão a ser de fundamental importância no apoio que muitas vezes os médicos não podem oferecer no escasso tempo de uma consulta. O paciente deverá conhecer totalmente como deve proceder e ao mesmo tempo avaliar como está correndo seu tratamento para procurar e discutir rapidamente com o médico sempre que for necessário.

OS GRUPOS INTEGRANTES DA AIGA SE SENTEM ORGULHOSOS DE PODER MOSTRAR QUE FAZEM PARTE DE UMA REDE ATIVA E ATUANTE NAS HEPATITES, EM BENEFICIO DOS IBNFECTADOS





A ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO - AIGA - Aliança Brasileira pelos Direitos Humanos e o Controle Social nas Hepatites, declara não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.






Last updated 13.10.2011